Aedes aegypti: 11 dicas de repelente caseiro - Pra Quem Tem Estilo

Post Top Ad

quinta-feira, 18 de abril de 2019

Aedes aegypti: 11 dicas de repelente caseiro



Aedes aegypti:  11 dicas de repelente caseiro


Fazer o seu próprio repelente caseiro é uma solução totalmente natural e que não exige grandes gastos. Essa é uma solução bem mais sustentável e tão eficaz quanto os produtos químicos que são comercializados. O repelente caseiro leva apenas ingredientes fornecidos pela natureza e é super fácil de fazer, abaixo explicaremos como fazer repelente caseiro.

É preciso entender que as condições climáticas características do verão brasileiro de fato favorecem a reprodução dos pernilongos. O calor acelera o processo reprodutivo deles, fazendo com que as fêmeas coloquem mais ovos e com que os ovos eclodam mais rapidamente.




No entanto, é preciso reconhecer que não basta colocar toda a culpa nas condições climáticas e nos hábitos dos mosquitos. A própria população e as autoridades têm uma relevante parcela de culpa nesses episódios de infestação dos mosquitos. Por exemplo: rios poluídos facilitam a proliferação dos pernilongos. Isso porque nesses rios há uma elevadíssima concentração de matéria orgânica necessária para seu desenvolvimento. Não atentar para focos de água parada e de vegetação alta também são atitudes que contribuem para o crescimento exponencial da população de pernilongos.


Aedes aegypti:  11 dicas de repelente caseiro


Mas porque praticar o faça você mesmo com repelente?
Produzir você mesmo aquilo que será consumido é uma atitude sustentável que, além de ser econômica e preservar a sua saúde contra substâncias duvidosas, ajuda também o meio ambiente.
As loções repelentes e inseticidas podem vir embaladas em frascos plásticos ou em aerossóis. Quando elas acabam, as embalagens ficam no meio ambiente.


Agora confira:

1. Repelente caseiro de cravo para o corpo

Aedes aegypti:  11 dicas de repelente caseiro

O óleo extraído cravo tem a propriedade de repelir além de pernilongos, também formigas e pulgas.
Este repelente é eficaz contra qualquer tipo de mosquito, inclusive o da dengue (Aedes Aegypti).

Ingredientes:
  • 1/2 litro de álcool líquido 98ºGL
  • 2 colheres sopa de cravo da índia (aproximadamente 10 gramas)
  • 100 ml óleo mineral (ou substitua por de óleo de bebê ou amêndoas)
Modo de preparo:
  • Deixe os cravos curtindo por 5 a 8 dias, agitando 3 vezes/dia (manhã, tarde e noite) .mais se agita, e por mais tempo deixar em infusão, mais concentrado vai ficar). Desta forma, o álcool irá extraindo o óleo essencial do cravo.
  • Despeje o álcool em um recipiente de vidro com capacidade para 1 litro e adicione os cravos.
  • Após 5 dias acrescente o óleo.
  • Coe tudo, coloque em pequenos frascos.
  • Coloque uma gota nos braços e pernas, espalhando como se faz com o repelente comercial.
Obs.: Antes de usar agite o frasco. Como todo repelente,deve ser repetido a aplicação a cada 5h.




2. Repelente de pomada hidratante

Aedes aegypti:  11 dicas de repelente caseiro


O complexo B que exala esse cheiro ao qual é desagradável para os mosquitos, e o hidratante como veículo a misturar.
Esta receita é a ideal para crianças e bebês, pois receitas que tem álcool pode ressecar a pele da criança, ou causar reações alérgicas.
Ingredientes:
  • 1 pomada hidratante para bebês.
  • 20 gotas de complexo B
Modo de preparo:
  • Em um recipiente bem limpo, seco e com tampa (Preferência de vidro), misture os ingredientes com a ajuda de uma espátula.
  • Aplique pequenas quantidades desta solução sobre a pele.


3. Repelente caseiro para bebês, crianças e gestantes
Outro ótimo repelente caseiro para bebês, a partir de 2 meses 
de vida, é o creme hidratante com óleo essencial de alfazema.

Ingredientes

·         1 embalagem 150 ml do hidratante Proderm
·         ​1 colher de óleo essencial de alfazema

Modo de preparo
Num recipiente de vidro misture muito bem o conteúdo de cada uma destas embalagens e depois guarde-a novamente no frasco do Proderm. 
Aplique em todas as áreas do corpo expostas ao mosquito, diariamente, de 6 a 8 vezes por dia. O complexo B possui um aroma que afasta os mosquitos, prevenindo suas picadas. Mas uma forma de complementar deste tratamento caseiro é acender uma vela de citronela, que também é um excelente repelente natural em cada cômodo da casa para manter os mosquitos afastados.




4.Repelente eletrônico contra mosquitos

Um ótimo repelente eletrônico contra mosquitos e outros insetos é colocar 1 fatia retangular da casca de limão ou de laranja dentro do local reservado para colocar o refil dos repelentes eletrônicos que se coloca nas tomadas e trocar a casca diariamente

Aedes aegypti:  11 dicas de repelente caseiro


Por incrível que pareça, além de afastar a maioria dos insetos indesejados, o ambiente será perfumado com um delicioso aroma cítrico e você terá certeza de não estar entrando em contato com produtos químicos artificiais, que podem ser tóxicos e 
prejudiciais à saúde.

A citronela é uma planta aromática que não é tóxica e é conhecida por ser um repelente natural por conta do seu aroma cítrico e forte. A partir do caule e das folhas, é possível extrair os óleos que contêm tais propriedades. Muito utilizado em cachoeiras para espantar mosquitos,o óleo de citronela pode ser misturado com outros aromas naturais, como eucalipto ou óleos essenciais de canela. 

Confira abaixo o passo a passo de como espantar mosquitos fazendo uma vela de citronela:
Ingredientes
1.     Flocos de cera (pode ser comprado em loja de artesanato);
2.     Um par de hashi;
3.     Frascos de conserva;
4.     Pavios de vela;
5.     Óleo essencial de citronela;
6.     Duas panelas ou uma double boiler;
7.     Cola quente ou fita adesiva.
Procedimento
1. Selecione os frascos de conserva em que você irá colocar as
 velas de citronela. Depois, insira o pavio da vela no fundo 
de cada frasco, prendendo-o com a ajuda de uma fita ou 
cola quente;

Aedes aegypti:  11 dicas de repelente caseiro


2. Depois que os pavios estiverem afixados, mantenha os frascos no nterior do forno, com a temperatura mínima, até que a cera esteja pronta para ser introduzida neles. Frascos quentes vão assegurar que a cera arrefeça de maneira uniforme e prevenirão qualquer contratempo que possa surgir devido à alta temperatura da cera, quando ela for introduzida nos frascos;

Aedes aegypti:  11 dicas de repelente caseiro


3. A cera em flocos perde muito do seu volume quando esquentada e transmutada para a forma sólida. Portanto, separe cerca de duas xícaras do produto para cada vela que você irá criar (como a cera em flocos perde cerca da metade do volume quando se torna sólida, adicione uma quantidade maior do produto, caso haja a utilização de um frasco muito grande);

Aedes aegypti:  11 dicas de repelente caseiro



4. A tarefa agora é derreter a cera. Para isso, use uma panela double boiler (como na foto abaixo) ou use a técnica de banho maria, utilizando duas panelas. Na de baixo, coloque apenas água. Na de cima, insira os flocos de cera e um pouco de água. Em seguida, é só ligar o fogo para iniciar o processo;

Aedes aegypti:  11 dicas de repelente caseiro


5. Acrescente cerca de três gotas de óleo essencial de citronela para cada xícara de floco de cera presente na mistura;

Aedes aegypti:  11 dicas de repelente caseiro


6. Após o derretimento completo da cera, despeje a mistura nos frascos (para fazer ceras coloridas, como no caso da azul abaixo, insira pedaços de giz de cera no momento do derretimento dos flocos de cera). Para evitar submergir os pavios, prenda-os com os hashi, para que se mantenham centrados;

Aedes aegypti:  11 dicas de repelente caseiro


7. Uma vez que as velas tenham arrefecido, corte os pavios em cerca de um centímetro ou menos a partir da superfície da vela;

Aedes aegypti:  11 dicas de repelente caseiro


8. Depois de seguir esses passos, sua vela de citronela estará pronta para espantar mosquitos. Agora é só escolher um lugar para colocar e acendê-las. O visual fica legal, o aroma também e é uma ótima forma de acabar com os mosquitos!

Aedes aegypti:  11 dicas de repelente caseiro



5.Cultivar plantas que são naturalmente repelentes de mosquitos e outros insetos.

Ter em casa um vasinhos que por si só já é um repelente natural é uma ótima forma de evitar o uso de pesticida e do repelente tradicional, já que que esses produtos são nocivos não só para as plantas, mas para a saúde humana, pois contêm substâncias tóxicas. Especialmente nos locais de grande incidência de insetos, criar plantas como citronela, hortelã e alecrim é de grande ajuda para quem procura um repelente natural.
Plantas que agem como repelente natural
Se você já arrumou sua casa, tirou qualquer foco de água parada, limpou os cantinhos e os insetos e mosquitos continuam aparecendo, colocar alguns vasos ou abrir um espaço nos canteiros para plantas que atuam como repelente natural pode te ajudar. 






Confira opções:
Citronela 
Outro excelente repelente natural contra mosquitos, principalmente os borrachudos e os pernilongos. Caso seja combinada com outras duas plantas que também funcionam como repelente natural, a erva do gato e a cascata gerânio, o efeito da citronela se torna ainda mais potente. Além da planta em si, você também pode fazer uma vela de citronela. Esse tipo de vela tem grande eficiência para espantar mosquitos e ainda deixa um bom aroma no ambiente doméstico. Veja como fazer na matéria "Como espantar mosquitos? Vela de citronela".

Aedes aegypti:  11 dicas de repelente caseiro


Lavanda
Além de ser uma planta que pode perfumar ambientes internos, devido ao seu cheiro adocicado, e decorá-los, por causa de sua beleza, a lavanda ajuda a espantar mosquitos.

Aedes aegypti:  11 dicas de repelente caseiro


Manjericão
O cheiro forte da planta afasta moscas e mosquitos, fazendo dessa saborosa erva um repelente natural de insetos.

Aedes aegypti:  11 dicas de repelente caseiro

Crisântemo
A flor também atua como repelente natural, ajudando a manter baratas, percevejos, pulgas e carrapatos afastados.

Aedes aegypti:  11 dicas de repelente caseiro


Hortelã
Basta plantar várias em torno do seu jardim que as formigas não vão mais incomodar suas plantas. Além de ser um repelente natural para os insetos, a hortelã é uma planta com diversos benefícios.

Aedes aegypti:  11 dicas de repelente caseiro


Alecrim
Também é um repelente natural de mosquitos e pode ajudar a manter gatos afastados de locais em que sua presença seja indesejável, como numa caixa de areia destinada para o lazer de crianças. Basta colocar algumas folhas de alecrim no local - os gatos não gostam do cheiro da planta.


Aedes aegypti:  11 dicas de repelente caseiro




6.Repelente caseiro de eucalipto
óleo essencial de eucalipto é uma excelente alternativa natural para acabar com mosquitos. Para utilizá-lo de maneira eficaz é preciso um difusor elétrico (no caso da casa) e de um óleo carreador para aplicação na pele. No difusor você pode utilizar quantas gotas preferir, mas o indicado são cinco gotas a cada quatro horas. Para fazer o repelente caseiro para passar na pele, você precisará, além do óleo essencial de eucalipto, de um óleo carreador - normalmente o óleo de coco exerce essa função.

Aedes aegypti:  11 dicas de repelente caseiro

Ingredientes
·         1 colher de sopa rasa de óleo de coco;
·         Três gotas de óleo essencial de eucalipto.
Modo de preparo
Misture bem e aplique uma pequena quantidade na parte interna 
do antebraço para fazer o teste de alergia. Caso apresente irritação, 
suspenda o uso e retire a mistura aplicada com auxílio de um 
algodão e algum óleo vegetal neutro, como o próprio óleo de coco, 
óleo de girassol, óleo de semente de uva ou outro óleo vegetal que 
você sabe que não causa irritação. Caso não apresente alergia à 
mistura de óleo de coco e óleo essencial de eucalipto, basta espalhar o repelente caseiro pelo corpo. Pronto! O repelente caseiro para mosquitos que você fez atuará em conjunto com o difusor para 
acabar com os mosquitos da sua casa.

7.Repelente caseiro à base de citronela
A citronela é uma potente aliada na proteção contra os pernilongos e outros insetos. O óleo essencial que é extraído dela e que é a base dessa receita possui 80 componentes repelentes, entre eles o citronela, geraniol e o limoneno. Se você tiver um difusor de 
água, deixe-o em ambientes de até 16 m² e pingue três gotas de óleo essencial de citronela na água a cada cinco horas. Isso também ajudará a manter os pernilongos afastados. Outra opção é fazer velas caseiras de citronela e deixá-las acesas nos cômodos: além de ser uma alternativa ecologicamente correta, a sua casa estará protegida e com 
um aroma agradável, semelhante ao aroma do eucalipto.
Ingredientes
·         150 ml de óleo essencial de citronela;
·         300 ml de óleo de amêndoas dermatológico.
Modo de preparo
Reúna todos os ingredientes e misture bem. Por fim, lembre-se 
de armazenar a mistura em um recipiente escuro e evitar o seu 
contato com o sol. Você também pode usar outras quantidades, 
desde que sempre seja mantida a proporção de duas partes de
 óleo de amêndoas para uma parte de óleo de citronela.
 As recomendações de aplicação desse repelente caseiro 
são as mesmas do anterior.


8.Loção de citronela (capim limão)

Aedes aegypti:  11 dicas de repelente caseiro

A citronela normalmente é usada sob a forma de óleo que contém amistura das essências de diferentes espécies de Cymbopogon, sendo que uma dessas espécies é o capim-limão. Por conter citronelol ecitronela, esse óleo geralmente tem um aroma semelhante ao limão, o que o torna numa boa base para a formulação de cremes e sabonetes.

Além disso, esse tipo de aroma também ajuda a afastar os mosquitos e, por esse motivo, a citronela é bastante utilizada na produção de velas que ajudam a afastar os mosquitos, assim como loções para aplicar na pele. No entanto, esse óleo essencial é vendido em lojas de produtos naturais e algumas drogarias, podendo ser usado na criação de um repelente caseiro.

Ingredientes

·         15 ml de glicerina líquida;
·         15 ml de tintura de citronela;
·         35 ml de álcool de cereais;
·         35 ml de água.

Modo de preparo

Misturar todos os ingredientes e armazená-los em um recipiente escuro. O repelente caseiro deve ser passado na pele sempre que se estiver em locais considerados de risco com água parada ou 
falta de saneamento básico, ou em contato com qualquer tipo de inseto.

Este repelente pode ser usado em bebês com mais de 6 meses de vida, crianças, adultos e gestantes. 

Acender uma vela de citronela também é uma ótima forma de evitar ser contaminado pela dengue. Mas é preciso manter a vela acesa durante o dia e a noite, e a proteção será feita somente no cômodo onde a vela está acesa, sendo uma boa estratégia para usar no quarto 
quando for dormir, por exemplo.



9. Spray de Tea tree

Aedes aegypti:  11 dicas de repelente caseiro

Tea tree, também conhecido como árvore do chá ou malaleuca, é uma planta medicinal com excelentes propriedades anti-sépticas, anti-inflamatórias e antimicrobianas, que pode ser usado para tratar vários tipo de problemas de saúde. No entanto, o seu óleo essencial também tem demonstrado excelentes resultados em afastar mosquitos,podendo, por isso, ser uma boa opção para a produção de um repelente natural contra o Aedes aegypti.

Ingredientes

·         10 ml de óleo essencial de Tea tree;
·         30 ml de água filtrada;
·         30 ml de álcool de cereais.

Modo de preparo

Misturar os ingredientes e colocar no interior de uma garrafa com spray. Depois, aplicar sobre toda a pele sempre que for necessário sair na rua ou ficar em um local com maior risco de picadas de mosquito.

Este repelente também pode ser usado em todas as idades a partir dos 6 meses de idade.


10. Óleo de tomilho

Aedes aegypti:  11 dicas de repelente caseiro

Embora seja menos conhecido, o tomilho também é uma excelente forma natural de afastar os mosquitos, possuindo uma eficácia superior a 90% dos casos. Por esse motivo, muitas vezes o tomilho é cultivado junto do tomate, por exemplo, para manter os mosquitos longe.

Este tipo de óleo pode ser encontrado em lojas de produtos naturais, drogarias e até alguns supermercados.

Ingredientes

·         2 ml de óleo essencial de tomilho;
·         30 ml de óleo vegetal virgem, como amêndoas, calêndula 
ou abacate.

Modo de preparo

Misturar os ingredientes e aplicar uma fina camada sobre a pele de todo o corpo antes de sair na rua. O que sobrar da mistura pode ser guardado em um recipiente de vidro escuro e em um local protegido da luz.

Sempre que necessário, pode-se realizar esta mistura antes de aplicar na pele. Este repelente também pode ser usado em todas as pessoas a partir dos 6 meses de idade.


11.Limão e cravo


Aedes aegypti:  11 dicas de repelente caseiro


O cravo da índia tem propriedades que irritam os insectos e em contacto com os cítricos ficam mais evidenciadas.

Esta receita é ideal para quem acampa em regiões praianas, pois pode ser deixado na porta da barraca à noite, e durante o dia.

Para casas de fazenda, ou mesmo abrigos de montanha, é o ideal para garantir uma noite de sono mais tranquila.

Ingredientes:
  • 1 Limão
  • 10 gramas de cravo da índia
Modo de preparo:
  • Cortar o limão ao meio (de preferência transversalmente).
  • Espetar os cravos da índia na parte interna da fruta.
  • Deixar ao sol e próximo a portas e/ou janelas.

Esperamos que tenha gostado deste post. Aproveite e passe essa informação para frente. Juntos acabaremos com essa praga - aedes aegypti 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia também: